sexta-feira, 7 de outubro de 2016

Leitura de Setembro – As Cinquentas Sombras de Grey

 É verdade, a minha leitura de Setembro convergiu-se n’As Cinquenta Sombras de Grey de E.L James e para já só posso dizer que fiquei apaixonada!

Resumo:
            Anastasia Steele é uma estudante jovem e inexperiente de literatura. Christian Grey é o temido e carismático presidente de uma poderosa corporação internacional. O destino levará Anastasia a entrevistá-lo, no ambiente sofisticado e luxuoso de um arranha-céus, onde ela descobre-se estranhamente atraída por aquele homem enigmático, cuja beleza é de corta a respiração. Voltarão a encontrar-se dias mais tarde, por acaso ou talvez não pois o implacável homem de negócios revela-se incapaz de resistir ao discreto charme da estudante. Ele quer desesperadamente possuí-la, mas apenas se ela aceitar os bizarros termos que ele propõe. Todo aquele poder a assusta - os aviões privados, os carros topo de gama, os guarda-costas... Mas teme ainda mais as peculiares inclinações de Grey, as suas exigências, a obsessão pelo controlo… E uma voracidade sexual que parece não conhecer quaisquer limites. Dividida entre os negros segredos que ele esconde e o seu próprio e irreprimível desejo, Anastasia vacila. Estará pronta para ceder? Para entrar finalmente no Quarto Vermelho da Dor?

Opinião:
            Antes de ler o livro, preferi ver o filme para que a ‘desilusão’ do filme fosse menor e apesar de ter visto o filme no cinema só o mês passado é que ganhei a coragem de comprar e ler o livro e deixem que vos diga que fiquei rendida e apaixonada pelo Senhor Mr. Grey, portanto absorvi a história do livro num abrir e fechar de olhos. Este é o tipo de livros que me aprende a atenção, sempre gostei de cenas mais obscuras como vampiros, imortais e por aí em diante portanto sempre desconfiei que fosse gostar imenso do livro até porque gostei do filme portanto aconselho a quem só viu o filme ou a quem nem viu o filme a ler ‘obrigatoriamente’ este livro até porque para além das cenas obscenas e obscuras acho que há muito a aprender com a história!